O que é absenteísmo e 4 maneiras de melhorar os resultados na sua empresa

Atualmente, muito se fala em combater o absenteísmo nas empresas, no entanto, poucas pessoas têm este conceito bem definido e por isso acabam por não conseguirem extinguir este mal tão presente no dia a dia.

 

Um termo aparentemente difícil de pronunciar, mas com uma definição bem simples. O absenteísmo nada mais é do que a ausência do funcionário no ambiente de trabalho, seja por faltas justificadas, saídas ou atrasos, afetando a produtividade e eficiência da instituição. Na prática, refere-se ao número de horas de trabalho que são perdidas devido aos motivos já mencionados.

 

Ausências pontuais não são caracterizadas como absenteísmo, no entanto, se a ocorrência de faltas tem um índice alto de frequência e prejudica a produtividade do estabelecimento, é bom averiguar de maneira cautelosa quais são os motivos das faltas e atrasos. Motivos como algum tipo de doença, problemas familiares e pessoais, dificuldades financeiras, dificuldades de transporte, falta de motivação, entre outras são as principais causas de falta e atrasos dentro do trabalho.

 

Leia também: Como a saúde interfere na produtividade nas empresas

 

O que muitos empreendedores não sabem é que o absenteísmo traz uma determinada quantidade de problemas à empresa, aumenta os custos e dificulta muito a concretização dos objetivos profissionais. Por isso, a seguir, falaremos um pouco sobre quais são as causas e como combater o absenteísmo nas organizações. Continue lendo:

 

Causas e Impacto do Absenteísmo

Como falamos anteriormente, as causas são variadas e podem estar associadas a diversas situações, como:

  • Volume excessivo de trabalho.
  • Más condições para desempenho das funções.
  • Baixo reconhecimento (levando o funcionário a buscar novas oportunidades)
  • Estresse (só para se ter uma ideia, na União Europeia são gastos mais de € 600 bilhões anualmente para lidar com esse fator)
  • Pressões.
  • Mau relacionamento da equipe.
  • Ergonomia do ambiente de trabalho.

 

O absenteísmo gera diversos impactos negativos na produtividade de uma organização, principalmente no setor financeiro. Isso é devido a perda de receita e encarecimento da mão de obra especializada. Afinal, é necessário gastar ainda mais com horas extras e pagamento de funcionários ausentes, mediante a faltas justificadas legalmente.

Além disso, a baixa produtividade interfere diretamente na qualidade da produção e serviços oferecidos e tem impacto direto na satisfação do cliente final.

 

Além disso, o clima organizacional também é atingido. Um funcionário que se ausenta muito, acaba sendo visto como descomprometido e irresponsável pela sua liderança, gerando conflitos de relacionamento na equipe. Ainda há os colaboradores que precisam cobrir os faltantes e, por isso, acabam se sentindo prejudicados e descontentes com o ocorrido.

 

Como lidar e combater o Absenteísmo na empresa?

Como vimos, lidar com o absenteísmo tem sido um grande desafio para as empresas. Sabemos que esses problemas podem ser de natureza pessoal, biológica, ambiental, social, familiar, financeira, funcional e, inclusive, estarem relacionados à própria estrutura organizacional. Mas, o importante é saber que existem maneiras eficazes de controlar e até combater o absenteísmo e suas consequências. Confira a seguir algumas dicas e saiba como proceder da melhor maneira nesses casos.

 

Leia também: Indústria 4.0 em Gestão de Saúde: como essa revolução pode ajudar a sua empresa

1- Fortaleça a cultura organizacional

É importante deixar claro desde o princípio quais são os valores e posicionamento da organização no mercado. Os colaboradores precisam conhecer e estar alinhados com todos os aspectos propostos pela empresa. Se estas informações não forem disseminadas de maneira correta, as chances de se sentirem desmotivados e não acharem sentido nenhum naquilo que estão fazendo é grande.

Existe um desgaste natural quando há incompatibilidade entre os objetivos pessoais e os da própria empresa. Por isso, é necessário que a organização trabalhe sempre com análises de perfil ainda no processo de seleção. Isso fará com que a taxa de absenteísmo diminua, já que as chances de ter um funcionário dentro dos valores da empresa são maiores

2 – Garanta uma comunicação eficaz

Uma comunicação com falhas pode causar sérios problemas de relacionamento entre toda a equipe. Afinal, o resultado de uma informação passada para frente de forma incorreta pode gerar alguns ruídos, como fofoca, especulações e informações pela metade.

 

E, quando esses ruídos surgem, a equipe se sente desmotivada e evita estar presente na empresa por meio de faltas, atrasos ou até mesmo desligamentos. No ambiente organizacional, a comunicação engloba o diálogo presencial entre colegas e também demais veículos: e-mail, reunião, telefone, TV corporativa e etc. Assim, para ter uma comunicação eficiente, é necessário entender o perfil dos colaboradores e descobrir qual ferramenta é a mais adequada para a equipe.

 

Lembrando que plataformas de comunicação interna reduzem ruídos no diálogo entre os colaboradores. As consequências são maiores chances de um trabalho bem executado e um sentimento maior de segurança e acolhimento do empregado.

 

3- Estímulo a atividades físicas laborais e alimentação saudável

A organização pode oferecer aos funcionários exercícios laborais uma vez por semana. Por mais que a mudança não seja imediata, a rotina de atividades físicas vai causar um impacto profundo na qualidade de vida dos colaboradores.  Rotinas assim evitam o surgimento de complicações como tendinite, bursite e estresse, além de ser um excelente estímulo para práticas mais profundas como treinos e corridas.

 

Assim como as atividades, o incentivo a alimentação saudável é muito efetivo em um ambiente corporativo. Medidas como oferecer um cardápio com sugestões saudáveis, organizar e disponibilizar materiais sobre o assunto e promover palestras que ensinam os funcionários a adotarem dietas adequadas são muito eficientes.

4 – Prevenção é o melhor caminho

É fundamental lembrar que a saúde física e mental do funcionário tem um grande impacto sobre o índice de absenteísmo da organização. Por isso, é importante criar alternativas para que o funcionário seja cuidado constantemente, com programas internos que geram bem-estar e soluções que acompanham a saúde do colaborar constantemente.

 

Alguns equipamentos, como a plataforma Safety Gestão de Saúde, trazem redução de custos, aferindo e rastreando a saúde dos colaboradores de forma online. Através desta plataforma ainda é possível trabalhar de forma preventiva e preditiva dentro das corporações, evitando assim problemas maiores no ambiente de trabalho.

 

O Safety é uma balança que mede pressão arterial, batimentos cardíacos, peso altura, índice de gordura, massa muscular e muito mais. Através dos dados gerados, muitas atitudes podem ser tomadas como mudança de cardápio no refeitório, organização de atividades físicas e uma série de atitudes preventivas.

 

A prática de algumas dessas ideias certamente promoverá a satisfação dos funcionários e a participação deles na rotina da organização. Mas lembre-se que todo esse trabalho deve ser feito com cautela e responsabilidade.

Gostou das nossas dicas para reduzir o absenteísmo na sua empresa? Então, não esqueça de compartilhar o nosso conteúdo nas suas redes sociais. Até a próxima.